Hélio e Maurizan querem projeto para duplicação de avenidas

por Marcos Figueiró última modificação 10/04/2017 07h44

Marcos Figueiró

Assessoria de Imprensa

Hélio José Schwaab (PSD) e Maurizan Godói (PSD) solicitaram esta semana da Prefeitura informações e projetos de duplicação de avenidas de Tangará da Serra. Os vereadores querem saber se o Poder Executivo possui projeto para a duplicação das avenidas Alvadi Monticelli, que atende os bairros Vila Nazaré e Jardim dos Ipês, e Francisco Avelino Dantas que atente os bairros Jardim Acapulco e Vila Goiás.

“Caso a Prefeitura tenha esses projetos já elaborados, nós poderemos partir para a busca por recursos junto a bancada federal de Mato Grosso no Congresso, para viabilizar a duplicação dessas duas avenidas”, explica o presidente da Câmara, vereador Hélio da Nazaré, ao contar que já há um diálogo iniciado no sentido de viabilizar emendas para a duplicação.

A Avenida Alvadi Monticelli, antiga Estrada Cinco, liga a Avenida Tancredo Neves ao Anel Viário passando pelo Jardim Shangri-lá (trecho já duplicado), Jardim Alto Alegre, Vila Nazaré e Jardim dos Ipês. Já a Avenida Francisco Avelino Dantas liga a Avenida Tancredo Neves ao Córrego Estaca, passando pelos bairros Jardim San Rafael, Vila Goiás, Residencial Paris, Mané Garrincha e Acapulco.

“Nos dois casos, são regiões muito bem habitadas, com vias muito movimentadas, que merecem investimentos seja em duplicação, seja em iluminação, melhorando a segurança e melhorando até mesmo o aspecto visual, o que vai resultar na valorização dessas comunidades e em qualidade de vida para os moradores”, argumenta o vereador Hélio da Nazaré.

ASFALTO – O presidente da Câmara cobrou da Secretaria Municipal de Infraestrutura medidas quanto aos buracos nas ruas asfaltadas. Hélio da Nazaré citou como exemplo a rua que passa ao lado do Tangará Shopping. Segundo ele, as reclamações da população são diárias em função da falta de manutenção.

“Sabemos que enquanto não cessarem as chuvas o trabalho acaba sendo ineficiente, mas pedimos que o secretário planeje uma grande operação tapa-buracos para quando iniciar o período de estiagem, inclusive com o recapeamento das ruas que estão em pior situação”, afirma Hélio da Nazaré, ao alertar que caso isso não seja feito, no próximo ano os problemas devem se agravar ainda mais.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.